As carícias do outono


O vento sopra forte
O céu está cinzento
As pessoas apressadas
O caminho repleto de folhas

O inverno se aproxima
Sem fazer cerimônia
É a estação do aconchego
Com o anseio do agrado

A menina bonita
Caminha sem rumo
Pelas ruas cinzentas
De um dia de outono

Cabelos ao vento
Sorriso nos lábios
Observa quem passa
Com brilho no olhar

É feliz a menina
Porque aprecia as cores
Os sabores e os aromas
Da estação que se aproxima

O sopro do vento...
O cinza do céu...
A pressa das pessoas...
As folhas do caminho...

É o inverno chegando
Com toda exuberância
E a menina comemora
As maravilhas da infância.

(Autora: Aline Brandt - Todos os direitos reservados/Lei dos Direitos Autorais N° 9610/98)

Postagens mais visitadas